Os estudos optativos e complementares

Apenas estudar para o vestibular pode se tornar algo chato e entediante. Ficar vendo português, matemática e física repetidamente e apenas intercalando entre essas matérias é praticamente um porre.

Por isso eu estou complementando com cursinhos “de outras coisas”, que trazem algo diferente a minha rotina e também me dão prazer.

O principal, como de praxe, é o cursinho de inglês. Eu já o fiz presencialmente aqui na faculdade onde estudo, mas infelizmente só pude completar o 1º período, já que o pessoal da minha turma (que eram poucos), acabaram por não dar prosseguimento. Outra questão que me afugentou de continuá-lo foi o fato dos alunos não quererem (que palavra estranha o.O) se dedicar mais aos estudos, o que prejudicava o andamento da aula.

Tirando os problemas só sobram as virtudes: O preço, 70 reais por mês é um valor bem legal se comparado ao valor de cada módulo semestral de uma escola dedicada como a Wizard (sem contar o material);

Também destaco o maravilhoso professor Thiago Cunha (que emagreceu bastante, diga-se de passagem), que é ótimo no ensino dessa maravilhosa língua americana. O que me faz lembrar dele é o modo como ele pronuncia meu nome – /uágner/. Do jeito americano mesmo. Quando eu for para EUA vou fazer questão de utilizar meu nome dessa forma :-).

Mas infelizmente as aulas presenciais se foram e só me sobra a internet para me ensinar a speakar english.

Você e esse seu cursinho de inglês online.

Via geradordememes.com

O site que eu indico a todos é o famoso Duolingo, e também os canais do Youtube Julia JolieELF Kids VideosEnglish4Brazil, Cintia disse e Inglês Winner. Também há vários outros canais e sites que se dedicam a isso, impossível algum não te agradar.

Duolingo

Ele é, sinceramente, o melhor cursinho online que você vai encontrar. Talvez melhor até que algumas metodologias utilizadas por escolas de idiomas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O jeito de jogo (com desafios, recompensas e competição) que estrutura consegue equilibrar bem o incentivo ao estudo e a prática do aprendizado, além dos exercícios curtos e a repetição  que ajudam muito a decorar cada palavra nova. O sisteminha de recompensas onde você ganha moedinhas, chamadas Lingots, a cada aula aprendida (ou a cada lição feita sem perder corações, na versão mobile) também colabora para que o usuário saiba que está valendo a pena praticar todos os dias.

O site é super limpo e intuitivo, além de não ter propagandas (como diabos ele consegue se manter? Eu não sei).

LIBRAS

Comecei recentemente (alguns minutos antes de começar a escrever este post, para falar a verdade) a aprender a língua brasileira de letras, LIBRAS.  É através desse idioma (?) que os surdos se comunicam com outros surdos e com os não surdos. É todo baseado em gestos com as mãos e também nas feições do rosto.

Para aprendê-la estou utilizando também a internet. Como ainda não achei um curso online, com interatividade (aulas, questionários, etc) estou utilizando as primeiras coisas que o Google me mostrou, mais especificamente a Educopédia e o canal Libras Pernambuco, no Youtube.

Mesmo que saber “falar” libras não ajude em nada no vestibular, eu sinto que isso vai acrescentar muito em minha vida. Aprender mais uma forma de ajudar as pessoas me dá uma sensação muito boa, quem saiba eu não possa fazer a diferença na vida de mais uma pessoa?.

Matemática

Não posso esquecer de mencionar que estou fazendo um cursinho de matemática básica na faculdade. O professor, Rodrigo “Tchi Tchi”, é maravilhoso e tem o dom de explicar a matéria como poucos. É o famoso professor de cursinho. Irei pagar 250 reais por 10 aulas, aos sábados, com duração de 3 horas. É caro? Considerando o valor por aula não, mas para o meu bolso sim.

 

Fora esses tem apenas o de Espanhol, que dei uma parada mas logo logo vou recomeçar. Não dá para acrescentar mais nada. Quer dizer, eu até tenho tempo nesse momento, mas basta eu organizar minha rotina que não vai mais sobrar pedra sobre pedra segundo pra gastar.

 

Notinhas:
>"Pedra sobre pedra" tem sua origem em 477 a.c, sendo atribuída ao super descolado e popular Oráculo de Delfos (fonte).
>Eu estava escrevendo "digasse", vê se pode?!
Anúncios

Sabotando-se, sem a ajuda de outrem

Pois é meus caros, eu sinto vergonha de mim mesmo. Eu praticamente abandonei meu cantinho na internet, esqueci-me totalmente dele em alguns dias, e nas vezes que surgia em minha mente a vaga lembrança de um certo blog e da obrigação para com ele, eu simplesmente postergava a tarefa de gerenciá-lo para depois. E depois. E depois.

Pior que isso é o fato de eu, novamente, ter sabotado meus próprios estudos. Eu fiquei enrolando e adiando cada coisa que tinha que fazer. Tive todos os recursos a minha disposição e não fiz uso decente deles.

Fiquei imaginando se eu realmente deveria escrever um post para determinar minha volta ao MedTrilha. Será que não seria mais “bonitinho” escrever um post normal (que já está quase pronto) e fingir que eu não passei décadas sem me dedicar a me expressar?

Mas é justamente isso que me falta, expressar o que eu tenho na mente, as minhas dificuldades e facilidades.

Por isso vou colocar algumas desculpas para algo que eu sei que é indesculpável, mas eu preciso tirar isso da minha mente.

  • Meu pai: Sim, o cara que mais quer me colocar numa universidade de medicina é um dos que mais dificulta isso. Por que? Depois que eu fiz o vestibular da UFGD ele simplesmente cismou que eu deveria parar de estudar. Vejam bem: eu, que quero entrar em medicina, querendo estudar mas não podendo. Isso fode (com o perdão da palavra) com tua motivação. O que ele queria é que ficasse apenas lendo o livro O Segredo e pensando positivamente, como se apenas o poder da minha mente fosse o suficiente para me colocar dentro do curso. A mais recente dele foi ter trazido outro livro esotérico, O Poder do Subconsciente, para eu ler. C4@#$#! Eu já tenho um monte de livros para estudar e ele me traz um que não vai ajudar em absolutamente nada? Pausa… Ainda assim, cada vez que ele passa alguns dias aqui eu me sinto muito mais motivado a estudar.
  • Estudar a noite numa faculdade enquanto estuda de tarde para entrar em uma universidade e estagia durante a manhã para ganhar algum dinheiro: Mocinhos e mocinhas, tenho que lhes avisar, isso definitivamente NÃO DÁ CERTO! É inviável. O estresse que o trabalho (atender e ter paciência com um monte de gente) e o curso superior (trabalhos chatos, matérias teóricas) me dão acabam por sugar boa parte da minha disposição em fazer outra coisa. Largar ambos o quanto antes deve resolver, mas e depois?
  • Vício em internet: Eu admito que perdi o controle em se tratando de uso da internet. A única coisa que eu faço em casa é ficar no computador. O tempo todo. Até de madrugada. Todos os dias. Isso está ferrando comigo e com meus estudos. Na última quarta eu simplesmente desabei de sono, dormi das 5 da tarde até as 7 da manhã do outro dia. Eu nunca durmo durante o dia, só mesmo um resfriado forte ou dias sem dormir conseguem me fazer deitar na cama enquanto o sol está no céu. O culpado disso tudo? O computador.

 

Essa confissão vai me ajudar? Na teoria sim, mas na prática só depende de mim. Vou começar limpando a casa e deixando tudo organizado para que eu possa estudar. Não é o melhor começo, mas já algum começo…

 

Apostilas ENEM

E aí galerinha! Tudo bem?

Conhecimento é para ser compartilhado, por isso estarei disponibilizando meu material de estudos para que todos possam baixar!

O material foi desenvolvido para ajudar alunos das escolas públicas do Acre. São vários arquivos PDF abortando assuntos como redação, química, português, matemática, história, geografia, física e biologia. Infelizmente não existe apostila de inglês e nem espanhol. Estas apostilas foram desenvolvidas por experientes professores do estado do Acre que atuam diariamente em cursos preparatórios. Estas mesmas apostilas gratuitas são usadas por alunos de 15 escolas de pré-enem do estado e agora podem ser usadas para você. Todos os cadernos juntos somam mais de 230 páginas de conteúdo atualizado para a prova do ENEM. (Adaptado de ENEM DICAS).

Já lhes adianto que as apostilas são ótimas, vão direto ao assunto e tem exercícios para praticar o que foi aprendido. Há também gabaritos para todas as questões, tanto as de “marque a alternativa” quanto as de “escrever”.

Sem mais lero-lero, abaixo estão os links:

Download (MEGA)

Mirror(Dropbox)

Listagem das apostilas:

  • Biologia;
  • Física;
  • Geografia;
  • Historia;
  • Matemática;
  • Português;
  • Química e
  • Redação.

Espero que gostem!

Rato de Estrada – Vest UFGD 2014

Dia I – Começar a escrever logo, pois já estou começando a esquecer.
Dias depois – O texto esta ficando gigante hahaha Não achei que haviam tantos detalhes a serem escritos, mas estou fazendo isso pela minha memória!
Ultimo dia – Escritor feelings hahaha Agora é só  dar uma revisada e publicar!

No dia 19 de novembro eu e meu pai arrumamos nossas malinhas, apagamos a luz, trancamos a porta e botamos o pé na estrada com destino a Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. Subimos no ônibus da Itapemirim às 21:00, e demos início a nossa odisseia.

A (pior parte da) Viagem

Chegamos no ponto de apoio da Itapemirim por volta das 20:00hrs, como estava muito cedo resolvemos ir esperar na pracinha Itapemirim (mesmo nome né), a única coisa de interessante foi uma velhinha pedindo moedas, dei R$1,50 pra ela, mas foi chato ver que ninguém mais na praça ajudou a senhora necessitada.

20:30, voltamos para a Ponto de apoio. Havia um bêbado sentado em uma das poucas cadeiras que havia na área externa do Ponto, ele acende um cigarro fedido e incomoda todos que estavam lá.

Fominha bateu, hora de comer uma maçã. Tira a faca, tira a maçã, começa a descascar. Nisso o bêbado concebe que está com fome e resolve vir, literalmente, tomar uma maçã para si, e a faca também. Já que tolerância é algo que eu tenho de sobra resolvi ceder ambos a ele. Devolvida a faca vou lavá-la. Só depois disso pude comer minha maçãzinha em paz.

Ônibus chega. Embarcamos no maravilhoso Rodonave da Itapemirim, ao achar minha cadeira percebo que há umas cobertas ensacados, reclamo isso ao meu pai e ele diz para o bobinho aqui que aquilo fazia parte da viagem, era a linha executiva.

1º Problema: Como sempre, porque motivo os benditos motoristas deixam o ar condicionado do ônibus no mínimo? Toda viagem interestadual é a mesma coisa, todo mundo tremendo de frio. 17 graus, juro!

Ônibus liga, c’mon baby! Lá vamos nós!
Meia hora depois começa a minha tortura: enjoo¹. Muito enjoo. Estômago embrulhou e fui correndo para o banheiro.
Depois de alguns minutos, lá estou eu novamente Chamando o Raul.
E de novo, e de novo, e de novo. Repete indefinidamente.

Meia-noite, “20 minutos pessoal!” diz o motorista com uma cara irônica, desço do ônibus completamente tonto, mãos formigando, falta de ar, garganta apertando tanto que cheguei a lacrimejar, sensação horrível. Perto de mim alguns caras fumando. Meu pai vai lá e compra um Engov, tomo,  e percebo o ônibus partindo. Motorista fez o favor de convencer meu pai a comprar um Dramin.

(mais…)

Decisões

[…]Corta para algumas semanas no futuro […]

Eu falei que ia ter especial semanal e não teve. Eu poderia ter escrito os textos, mas sempre optava por não escrever. Eu tinha o assunto em mente, mas ainda assim não o expressava no teclado.

Eu poderia cumprir várias promessas, eu apenas teria, aliás, irei mudar o tempo verbal, eu apenas TENHO que decidir, essa é a palavra chave – DECIDIR – que parece tão simples de ser posta em prática, e de fato é!

Caramba! Se é algo tão simples, por que¹ eu não consigo fazer???

Basta resumir tudo em 2 caminhos possíveis e colocar numa balança, algo como: Eu irei estudar? Sim ou não; É algo bom acordar cedo? Sim ou não; O que eu vou fazer hoje a tarde? Ficar no ócio ou postar um artigo no blog; e assim por diante.

Mas ainda assim é difícil, é mais fácil falar, dissertar sobre, mensurar as dificuldades, do que realmente agir. É algo que eu falei para meu colega Wilks: “[…] cara, basta você começar a fazer! No começo vai ser difícil, eu sei, mas depois você se acostuma. Novamente, a parte mais difícil é o começar algo, depois que você se habitua tudo fica mais fácil, passa a ser algo automático“.

No momento atual eu estou diante de várias decisões, mas uma é a maior de todas:

Eu termino essa faculdade (falta apenas 1 ano) ou tranco e me dedico exclusivamente a passar para medicina?

Eu posso simplesmente chutar o balde e pular fora desse curso que não me da prazer, mas essa não é uma decisão fácil, é complicado! Fora que todos à quem eu peço conselhos me dizem que eu seria um tremendo idiota se eu largasse a faculdade faltando tão pouco para terminar. PORRA! Eu sei que é uma decisão idiota, eu não preciso que me digam o que eu já sei!

Se eu continuar fazendo Ciência da Computação

Bem, a maior recompensa será o “canudo”, aquele certificado que lhe permite ingressar em empregos que pagam bem mais. Eu poderei entrar na policia federal e ganhar um baita salário. Trabalhar em empresas que pagam mais. Está redundante, eu sei, mas basicamente se resume a isso – ganhar mais. Outra coisa que pesa bastante é a possibilidade de realizar um outro sonho meu – cair fora do Brasil – ir para os EUA ou Canadá para poder ter uma vida digna.

Se eu largar tudo e me dedicar a [passar para] medicina,

Hmmm, aí são outros oitenta. É algo que eu gosto (será que eu gosto mesmo?), que me agrada. Poder ajudar as pessoas, saber fazer uma pessoa se sentir melhor. Cara, como eu gosto de pensar nisso! Se eu largar, eu vou ter minha mente inteiramente livre e dedicada à estudar (estudar, estudar e estudar) para medicina. Eu poder fazer dessa situação de VESTIBULANDO uma profissão, eu poderei me especializar nisso. Eu vou entrar no hall de pessoas corajosas como o Arlindo Lopes, a Tatiane dos Santos e tantos outros que desistiram do curso (ou emprego) em que estavam e passaram a se dedicar exclusivamente à medicina. Eu quero ser como eles!

Quiere ser hardcore y su mama no lo deja

Estou e o Jorge estamos no mesmo dilema

E o pior é que eu não sei quanto tempo eu tenho para tomar essa decisão (você ainda é novo, eles dizem²). Eu poderia ir na Secretária da faculdade hoje mesmo e trancar logo esse curso, mas… e depois?…

Meu plano atual é o seguinte, termino esse semestre, ganho mais uma graninha com o estágio até 15 de janeiro e a partir daí eu coloco tudo em prática:

  • Tranco o curso;
  • Largo o estágio;
  • Viajo para o Paraná;
  • Faço o cursinho pré-vestibular;
  • Profissão vestibulando, estudo é vida;
  • Passo em medicina.

Na teoria parece ser fácil, mas não é, vai ser complicado, vai parecer desestimulante, eu vou titubear as vezes e achar que fiz a escolha errada. Fora o fantasma da preguiça que vai estar me acompanhando o tempo inteiro, eu vou ter que ser forte e não deixar ela me vencer.


 

¹ Em perguntas o “por que” é separado

²

 

Créditos das imagens:
Jorge quiere ser hardcore: Disponível em <http://sinfinradio.blogspot.com.br/> Acesso em: 26/11/2014.

I’m back e Especial Semanal

Hey guys, what’s up?

Ok, eu não vou fingir que eu não sumi todos esses dias, mas eu me importo com esse blog sim viu?

Estudos? Hmmm, pra ser honesto pouco ou quase nada, tendendo pra baixo, estou muito desanimado pra isso (E como você quer passar em medicina assim mocinho?), e fora isso estou dando um péssimo exemplo para vocẽ que esta lendo e para mim mesmo, mas é como eu vou dizer em um post futuro: Morar sozinho e eu não combinam.

Lembro da coordenadora de estágio da minha faculdade, aquela mulher se tornou especial pra mim, que me cobrou mais vontade e determinação, vou fazer isso por ela.

[ Estou ouvindo All About That Bass, essa música é muito gostosa de se ouvir 🙂 ]

O que me resta fazer uma mini faxina na casa e estudar para a aula na faculdade a noite

——————————————–

Ahh, Especial???

Sim, para compensar vou escrever todos os dias essa semana, de segunda até domingo (sim, eu sei que domingo já é na outra semana), todos os dias blogando algo sobre a minha vida ou sobre os estudos.

Mais tarde quando eu voltar da facul vai ter o primeiríssimo.